Os amigos Ubirajara Pinto, Daniel Perini e Gustavo Lírio, da Confraria de Terça, repassam as avaliações dos exemplares brasileiros degustados no encontro. Apesar de ressaltarem que se trata de um encontro informal, definem uma escala de 0 a 5 que tem como objetivo ranquear os produtos degustados. Como principal requisito para a definição do valor, o gosto pessoal dos membros, sendo indicadores técnicos do visual, olfato e paladar, menos importantes.


Para Daniel, a nota final que resulta da média aritmética das três opiniões, pode gerar distorções sobre as opiniões individuais, mas é uma forma de basearem suas análises. Os vinhos que se enquadram em notas próximas ou superiores a 3, apresentam-se como positivos para a maioria dos confrades. 



A Confraria de Terça pode ser acompanhada pelo instragam  @vinhodeterca


Ubirajara Pinto, Daniel Perini e Gustavo Lírio.