Degustação: setembro/2018

Penso que esta cultivar italiana não suporta muita passagem por madeira, por ter baixa concentração de taninos, sendo a acidez a sua característica marcante. Degusto este vinho há uns 3 anos, acompanhando sua evolução, que é fenomenal, pois atualmente (para o meu paladar) está muito mais equilibrado, muito mais gostoso do que antes, quando a presença da madeira se mostrava muito evidente. Atualmente as características da Sangiovese neste exemplar 2012 Cave Antiga se apresentam, com a madeira harmonizada à sua estrutura. De corpo médio a forte e capacidade de envelhecer por mais anos, alia boa concentração tânica, acidez. Para pratos de carnes vermelhas e molhos fortes.