Garibaldi – RS é uma pequena e bela cidade fundada por imigrantes italianos no século XIX, cujo centro histórico é palco da Vintage, festa municipal que congrega os restaurantes, vinícolas e cervejarias artesanais da cidade, que oferecem seus produtos aos milhares de participantes. Em sua última edição, eu e minha mãe,  dona Boneca, tivemos o prazer de curtir este momento especial com os amigos Larri e Vera Larentis, proprietários da Vinícola Larentis, Vale dos Vinhedos – Bento Gonçalves. Nesta noite degustamos dois vinhos elaborados por Vilmar Bettú . Com contra rótulos escritos à mão, apresentam um breve poema escrito pelo próprio Bettú, a cultivar, a safra, a quantidade de garrafas elaboradas, a numeração da garrafa, e o teor alcóolico. O rótulo único para todos os vinhos, reverencia a variedade Isabel, Vitis labrusca (uva comum), de grande importância histórica para a colônia italiana da Serra Gaúcha. 


Com um estilo bem definido, seus vinhos são de guarda, destinados aos enófilos que apreciam vinhos estruturados e encorpados, aromáticos e persistentes. Por produzir pequenas quantidades, Bettú utiliza uvas de grande qualidade, com ótima maturação de carboidratos e fenólica, taninos e ácidos maduros e polimerizados, o que o permite uma vinificação que pode tirar o máximo destes compostos.


Sempre que abro um vinho Bettú, eu o decanto por algumas horas, para a liberação de aromas e sabores com o contato com o oxigênio, procedimento que não foi possível desta vez. Ainda assim, o Merlot 2008 estava maravilhoso, com taninos macios e maduros, e acidez viva e refrescante, com fundo de boca persistente. Aromas primários e secundários de frutas negras maduras, e especiarias provenientes do amadurecimento; untuoso e saboroso.


Supostamente mais encorpado, o Cabernet Sauvignon foi aberto em seguida, confirmando sua potência com taninos vivos, mas maduros, acidez presente, capaz de envelhecer por muitos anos na garrafa. O vinho se mostrou jovem para a amiga Vera Larentis, que preferiu a maciez do Merlot anterior. Para os demais, em especial para mim, o vinho estava excepcional, com aromas de frutas negras maduras, pimenta do reino e um leve tostado. Ambos os vinhos foram degustados com saborosos churrasquinhos.