O gaúcho Rodrigo Pierozan  degustou dois rótulos vinícola Milantino, e não faltaram elogios. O Malvasia de Cândia surpreendeu pela potência do aroma, pois se trata de uma Vitis vinífera classificada como aromática (assim como a moscato). Vinho de boca macia, dada a leveza dos seus ácidos, acompanha bem pratos frios e não muito temperados, e até mesmo sobremesas não muito doces (pois não é um licoroso). Em sua avaliação, o vinho poderia estar um pouco mais resfriado, mas de qualquer forma, agradou bastante. Continuando com a mesma vinícola, degustou o Merlot Milantino 2012 com um omelete feito pelo compadre Ricardo Zortéa. Em princípio o vinho estava mais potente do que exigia o prato, mas conforme o cozinheiro, dada a qualidade diferenciada do seu omelete, exigia-se um vinho especial. Apesar de questionar a coloração, clara para um vinho jovem, Rodrigo ressaltou a boca aveludada, com taninos e acidez macios e equilibrados, fácil de beber. No aroma frutas vermelhas maduras, um leve café torrado e tostado da madeira. Um ótimo vinho.