Publicado em 16 de janeiro de 2017

Passei o janeiro de 2017 em Vitória para curtir o verão, durante o recesso semestral do curso de Viticultura e Enologia. Nesta viagem acompanharam-me os amigos gaúchos César e Maria Pretto, Celso e Isaura Marconi, desejosos por conhecer as maravilhas do Espírito Santo. Dentre as muitas atividades que fizemos, duas merecem destaque em termos enológicos, pois envolveram amigos / enófilos, que nos receberam com jantares e inúmeros grandes vinhos e espumantes brasileiros, entre alguns excelentes exemplares europeus.


Ambas as recepções nos foram proporcionadas por amigos da confraria que tínhamos antes de minha ida para Bento Gonçalves, e dada a impossibilidade de reunir todos em uma única noite, duas encontros foram organizados. A primeira no salão de festas de João Lúcio e família, na Praia do Canto, com a presença de Leonardo Lúcio, Gustavo Bumachar, Rodrigo Mazzei, Airton Silveira, Anselmo Tozi, Anderson Carletti, Laurindo e Estela de Paula.


Camarões e lagostim assados na churrasqueira, antepastos e queijos diversos, e um churrasco de carnes especiais foram acompanhados por vinhos e espumantes brancos, rosés e tintos nacionais, capazes de agradar a enófilos muito exigentes. Estrelas do Brasil (espumantes 2007 e 2010), Dom Cândido (Cabernet Sauvignon e Assemblage 2002), Dall’Agnol (DMD Cabernet Sauvignon 2005 e Superiore 2008), Vinhos Bettú (Rosé de Merlot 2014, Cabernet Sauvignon 2005 e corte 2015), Larentis (Mérito), Pizzato (Alicante Bouschet), Milantino (Malbec 2008) e Casa Venturini (Tannat 2014), desfilaram entre as taças recebendo elogios dos presentes. Uma noite animada e descontraída, finalizada com poemas recitados pelo nosso anfitrião, o qual sempre nos brinda com textos de grandes poetas brasileiros e estrangeiros.


A segunda noite, no salão de festa do prédio de Airton e Rozana Silveira, na Praia de Itaparica, Vila Velha, foi um banquete com entradas diversas, polenta ao fungui, ossobuco ao creme de aipim e sobremesas variadas, regados a excelentes exemplares brasileiros. Espumantes Valpiana, Pizzato e Estrelas do Brasil, e tintos Máximo Boschi Merlot 2006, Milantino Reserva Tannat 2006, DMD Cabernet Sauvignon Dall’ Agnol 2005, Larentis Cepas Selecionadas Teróldego 2012 e Ancellota 2011, DOC de Merlot Santa Lúcia, Vinícola Calza Cabernet Sauvignon 2012, corte Concentus Pizzato 2011, Merlot DOC Dom Cândido Documento e o Barcarola Estilo Amarone 2010 completaram as homenagens feitas pelos amigos capixabas aos visitantes gaúchos, demonstrando a hospitalidade deste povo maravilhoso, do qual tenho orgulho de fazer parte.