O enófilo, palestrante sobre vinhos e espumantes, e proprietário da Wandervinhos, Wanderly Alves Monteiro, surpreende-se com o Capítulo IV Ouro Negro, um corte de 40% de Merlot e 60% de Cabernet Sauvignon, Alicante Bouschet e Tannat, da Vinícola Calza, Monte Belo do Sul – RS. Para ele o vinho “foi um sucesso ao acompanhar um churrasco, sendo equilibrado em taninos e ácidos, fino, complexo e gastronômico”. Apesar de não saber o ano do corte, Wanderli avalia o exemplar como jovem, com grande capacidade de maturação em garrafa, aromas encantadores, boca macia e suculenta, e longa persistência de fundo de boca. “Há tempo não provava um vinho nacional tão instigante”.


Ressalto a importância desta avaliação, dada a longa história deste mineiro de Juiz de Fora – MG, como degustador e analista de vinhos e espumantes de todo mundo. Profissional da psiquiatria, Wanderly aos poucos se tornou referência na cidade de Juiz de Fora para enófilos que o procuram para ministrar palestras e indicar rótulos. O amor pelo vinho e a demanda do mercado impulsionou-o a montar uma pequena loja, tornando o hobby um negócio, administrado pelo filho Dalton Monteiro. Demonstrando abrangência de pensamento, os vinhos e espumantes brasileiros sempre tiveram espaço em sua adega e loja.