O enófilo capixaba Anabel Nunes nos envia um exemplar que encanta pela beleza do seu rótulo e pela qualidade do vinho. Definindo-o como “um  belo Nacional”, o Cabernet Sauvignon Salamanca do Jarau, da vinícola Routhier & Darricarrere, impressiona o degustador pelo seu rótulo artístico, desenhado pelo artista plástico Gelson Radaelli. A figura representada é a Teniaguá, personagem do conto do escritor pelotense Simões Lopes Neto: A Salamanca do Jarau. Os responsáveis pela elaboração deste exemplar informam que a fermentação alcoólica é feita a partir de leveduras selvagens, o que resultaria em um vinho com o “conceito de terroir extremo”.


As características sensoriais segundo a avaliação de Anabel Nunes são de uma coloração vermelha rubi, aromas frutados, couro, advindos do estágio em madeira por 12 meses em carvalho não novos. Corpo médio, com boa persistência, no paladar taninos presentes, maduros e aveludados, equilibrados com a acidez equivalente.. O rótulo é uma obra prima e dispensa comentários!!!


 




Outros vinhos da vinícola Routhier & Darricarrere